terça-feira, 19 de abril de 2011

Medicamentos se degradam mais rapidamente no espaço


Uma pesquisa recente (Evaluation of Physical and Chemical Changes in Pharmaceuticals Flown on Space Missions , Brian Du, Vernie Daniels, Zalman Vaksman,  Jason Boyd, Camille Crady, Lakshmi Putcha, The AAPS Journal, publicado online) indica que medicamentos podem exibir uma taxa de degradação acelerada quando armazenados no espaço. Os autores compararam o teor de vários medicamentos armazenados na terra ou no espaço, por um período de 28 meses. Um total de 35 formulações foram testadas. Após os 28 meses, o teor de princípio ativo nas formulações foi determinado por cromatografia. Um total de 17 formulações armazenadas na terra tiveram teor de princípio ativo dentro das especificações contra apenas nove que atendiam as especificações entre as que foram armazenadas na estação espacial internacional. Os autores implicam a exposição à radiação espacial como responsável pela taxa de degradação acelerada nas formulações. O estudo é importante para a busca de soluções de armazenamento de medicamentos em missões espaciais prolongadas e levanta questões interessantes sobre o efeito da radiação em moléculas orgânicas.

Um comentário:

  1. É isso, mande os medicamentos para o espaço! Use a natureza, viva Deus!

    ResponderExcluir